Home / Coluna  / Coluna do Dr. Rauen – Descasque mais e desembrulhe menos

Nossa mesa pode e deve ser rica em uma imensa variedade de produtos. Sempre de forma equilibrada. Temos vários grupos de alimentos saudáveis que podem e devem compor a nossa mesa no dia a dia.  O grupo dos cereais e tubérculos, sempre dando preferência aos integrais, como aveia batata doce, mandioquinha, arroz por exemplo, que são ricos em carboidratos, importante para nos dar energia para encarar o dia a dia. Uma dica é dar preferência a eles no horário do almoço e antes dos treinos.

No caso das proteínas animais ovos, frango e peixe são prioridade, deixando a carne vermelha para segundo plano, mas não precisa tirar completamente do cardápio.  Grãos como lentilha, ervilha fresca, grão de bico (nada enlatado). As gorduras  podem vir  de fontes mais saudáveis, como as nozes, castanhas, abacate e óleo e coco, por exemplo. Sempre com moderação e bom senso. Ovo quente, mexido mas sem gordura no café da manhã fica como dica.

Acrescente a esse cardápio completo  uma boa dose diária de água e de exercícios físicos. Um alerta: não existe uma dieta única, uma receita milagrosa que acabe com a obesidade e seja a mesma para todos. Cada organismo funciona de uma maneira. Cada pessoa é única. Por isso, a orientação profissional é sempre importante para que não haja exageros que possam comprometer a saúde. Uma pessoa que pratica esporte ou exercícios com frequência certamente terá uma dieta diferente de quem é mais sedentário. A idade influencia, as doenças pré-existentes, a genética tem o seu peso. Algumas pessoas precisam de uma suplementação porque podem carência de determinadas vitaminas e nutrientes, É preciso equilibrar o que se consome e o que se gasta. Quantas vezes atendi pessoas que me falavam, animadíssimas que haviam perdido vários quilos. E na hora do exame detalhado, a massa magra ou seja, os músculos haviam dimunuído e a gordura estava lá, firme e forte. O que eu quero dizer é: não olhe apenas para a balança. Ela pode ser uma armadilha e mascarar a realidade. O fundamental é perder gordura e não peso. Pessoas  que possuem mais músculos são podem ser mais pesadas. As mais leves podem ter mais gorduras e mesmos músculos. Cuidado!

Uma boa alimentação, equilibrada, saudável, muita ingestão de água aliados aos exercícios físicos regulares, manter os exames em dia, são a receita básica para garantir a nossa saude e longevidade. Cultivar esses bons hábitos desde cedo evita, além da obesidade, que já é uma pandemia no Brasil e em boa parte do mundo, uma série de doenças a ela relacionadas, como as doenças cardíacas, diabetes, colesterol e até alguns tipos de câncer. 

E aí voltamos para o começo deste bate-papo: tudo isso pode ser mais fácil se, desde cedo, você adquirir hábitos saudáveis lembrado sempre de desembrulhar menos e descascar mais. 

Até a próxima!

patriciazzanotti@gmail.com

NO COMMENTS

POST A COMMENT