Home / blackcarddigital  / Coluna Dra. Adriana Vilarinho – Água micelar, tônico e água termal são refrescantes para a pele nos dias mais quentes. Mas qual usar?

Diante da grande variedade de produtos que encontramos para cuidar da pele, muitas vezes fica difícil decidir qual é a melhor opção e a indicação de cada um deles. Quando tratamos da pele do rosto, uma das partes mais delicadas e que exige atenção especial, é comum ver a dúvida entre o que usar: água micelar, tônico ou água termal?

Primeiro é importante destacar que os três são ótimas opções para hidratar a pele e tratá-la de forma suave e refrescante nestes dias mais quentes. A verdade é que não há regra; há adequação. Cada pessoa possui um tipo de pele e necessidades específicas e entender a função de cada um pode ajudar a decidir qual utilizar em cada situação. De forma geral, a água micelar é usada para higienizar a pele sem agredir, fechando os poros. A água termal possibilita hidratar e acalmar a pele. O tônico facilita a remoção de impurezas dos poros, o que ajuda no tratamento da acne. Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um deles.

A água micelar é ideal para quem tem pele sensível, porque limpa sem agredir, além de combater a oleosidade. Seu nome vem de um componente do produto, as micelas, glóbulos que têm a função de absorver até impurezas mais profundas às quais estamos constantemente expostos, como sujeiras e poluição.
Ela reequilibra o pH da pele, acalma e hidrata, evitando o ressecamento. Também atua contra o envelhecimento precoce. É bastante usada como demaquilante, além de atuar no tratamento diário, especialmente nos cuidados da manhã, antes do hidratante e protetor solar, e na hora de dormir.
O tônico tem papel essencial nos cuidados do rosto: controla a oleosidade, equilibra o pH, trata a pele e elimina as toxinas. Também ajuda a combater os radicais livres, hidrata e acalma a pele, além de facilitar a absorção de outros cremes. É bastante utilizado à noite.

A água termal, que tem caído no gosto de muitos pacientes, hidrata, reduz o aspecto de cansaço e alivia irritações. Ela é originária de fontes termais e seu pH é neutro ou alcalino, diferente da água que normalmente utilizamos, que tem pH ácido. Em comparação com a água comum, tem maior concentração de minerais e oligoelementos como zinco, manganês, sódio, magnésio e boro.
Além de ser usada na pele, ajudando a reposição de nutrientes e atuando como aliada em processos inflamatórios, é ótima para os cabelos, auxiliando a hidratação capilar. Sua função antioxidante ajuda a combater os radicais livres e é bastante indicada para uso no pós-barba e pós-depilação, aliviando o incômodo dos procedimentos.

Durante a prática de exercícios físicos, especialmente em dias quentes, ameniza o calor e mantém a pele fresca. Outra vantagem que ela traz nessa época de verão é promover o frescor da pele para quem fica em ambientes fechados com ar-condicionado.

A diversidade de benefícios proporcionados pelos três produtos permite entender porque são considerados peças-chave no tratamento diário. Depois de descobrir junto à sua dermatologista qual a indicação para o seu tipo de pele, escolham a melhor opção para você, e aproveite todas as vantagena que eles oferecem para manter a pele hidratada, bonita e saudável, mesmo sob as altas temperaturas do verão.

Consulte sempre sua dermatologista e aproveite a estação!

patriciazmelo@gmail.com

NO COMMENTS

Sorry, the comment form is closed at this time.