Search

Conheça Thiago Cordeiro, CEO e fundador da GoodStorage

Do mercado financeiro à CEO de uma empresa sustentável, o empresário Thiago Cordeiro, reinventou sua carreira após passar por uma transformação pessoal, em 2013. Aos 33 anos, sentiu um chamado pelo desafio de colocar em movimento seus aprendizados, associando aspectos empreendedores com melhores práticas de gestão institucional e fiduciária.

Por Elaine Leme

Como foi o processo de virada de chave da sua transformação pessoal e profissional?

Tive a privilégio de trabalhar em grandes empresas, onde aprendi muito em diferentes contextos de cultura e gestão. Ecossistemas mais institucionais como Credit Suisse Hedging Griffo e BTG Pactual, como também uma jornada empreendedora desde o início da Bracor, até sua liquidação para um fundo de private equity. Nessas experiências sempre predominaram a cultura meritocrática e transparência. Minha vontade de empreender e construir um veículo que pudesse ser condutor de transformação e prosperidade às pessoas que acreditassem no meu sonho, tomou uma dimensão maior que minha carreira, à época no BTG Pactual, empresa que tenho admiração e onde mantenho meus investimentos. Desde 2009, ainda na Bracor, estudava o mercado de self storage como algo pouco trabalhado no Brasil. Existia uma tese de que não havia uma cultura para esse produto no Brasil e vislumbrei aí uma oportunidade. Entendia que o mercado não havia ainda se desenvolvido. Não pela falta de demanda, mas sim pela ausência de uma empresa profissional que soubesse construir o segmento com foco no cliente. Mais tarde, após concluir meu MBA na Northwestern University – Kellogg, compreendi ainda melhor a transformação nas cadeias logísticas dos centros urbanos o que foi crucial anos depois para associar e ampliar o crescimento da GoodStorage. Optei então por deixar minha carreira corporativa e, após oito meses trabalhando da edícula de minha casa, consegui captar USD 150mm com dois excelentes sócios; Hemisfério Sul Investimentos e Evergreen Investment Advisors. Em 2013, surgiu então a GoodStorage.  

 
Qual é o seu papel, como líder?

Após oito anos fazendo literalmente de tudo, juntamente com pessoas que dedicaram suas carreiras e seus sonhos à nossa empresa, hoje meu papel de liderança mudou muito. No início, meu mantra era: “I can´t afford to fail (não posso aceitar falhar)”. Uma abordagem passional para que pudéssemos crescer e criar esse segmento no Brasil. Hoje, meu papel e desafio na liderança é navegar a companhia de um modelo pautado na experiência e na bibliografia do fundador para múltiplas lideranças internas, sem prejuízo da nossa cultura e DNA pautada em GRIT – paixão, perseverança e resiliência.  

 
Quais são seus livros de cabeceira?

Sou aficionado por leitura então, a lista é grande. Gosto de ler sobre filosofia e autoconhecimento. Desde o início da pandemia, li alguns livros sobre ciência da psicologia positiva, buscando conhecimento para lidar com tantos desafios emocionais. Na linha de negócios e gestão, assino a Harvard Business Review e gosto do formato de artigos pautados em pesquisas acadêmicas. Meus últimos dois livros, que ainda estão na cabeceira e recomendo muito, são:

 – Os Quatro Compromissos de Don Miguel Ruiz. Livro para reler várias vezes. Super curtinho, objetivo e muito poderoso. Pautado em saberes e filosofia Tolteca.

– Florescer, uma nova compreensão da felicidade e bem-estar de Martin Seligman, pai da psicologia positiva. Maravilhoso na construção de resiliência emocional, ampliação da compreensão e caminhos de busca de bem-estar.

 Quais são as funcionalidades dos espaços inteligentes criado pela GoodStorage?

Somos especialistas em espaços urbanos e aficionados pela vida na cidade. Acreditamos que podemos contribuir com o ecossistema de uma vida urbana mais eficiente e próspera. Trabalhamos com mobilidade de pessoas, uma vez que oferecemos espaços de 1m² a 100m², em 21 endereços pela cidade, contribuindo para que indivíduos possam morar melhor em espaços menores e em locais potencialmente mais servidos de infraestrutura, mais próximos de seus trabalhos, otimizando deslocamentos e melhorando qualidade de vida. Trabalhamos com mobilidade de mercadorias oferecendo espaços de 100m² a 10.000m², contribuindo com uma logística mais eficiente nos centros urbanos, impactando a qualidade de vida por meio de entregas de produtos e serviços, com mais agilidade e eficiência.


Por que esse modelo de serviço é sustentável?

O modelo de negócio de armazenamento inteligente atua diretamente com a mobilidade urbana. Quando eficiente e bem planejado, impacta diretamente na qualidade de vida da população e reduz impactos ambientais, pois há um planejamento otimizado de tráfego de pessoas e mercadorias, além de abastecimento moderno. Por exemplo, quando empresas aproximam seus estoques da cidade e os fraciona, por região, eles diminuem o tempo e o percurso de deslocamento para entregas, muitas veze podendo ser feitas por veículos elétricos, menores, sem a necessidade de grandes caminhões. Já as entregas, além de mais rápidas, com menores custos e mais eficientes, também geram menor impacto ambiental, com menor KM rodado, menor emissão de gás carbônico etc. É o que o mercado chama de logística verde. Aqui na Goodstorage denominamos Logística do Bem-estar. A oferta de espaços flexíveis às pessoas físicas permite que elas possam adequar melhor suas opções de moradia, reduzindo desperdícios inclusive no tamanho necessário de suas casas e podendo usufruir melhor de seu tempo e seus recursos financeiros, o que é uma das verticais importantes do conceito de smart cities.


Qual é a previsão de crescimento para o segundo semestre de 2022?

A locação de espaços de armazenamento é um mercado consolidado no mundo todo e com projeção de se tornar cada vez mais valioso nos próximos anos. Segundo dados da Mordor Intelligence, o mercado valia USD 48 bilhões de dólares em 2020 e a expectativa é que alcance USD 64 bilhões em 2026. A cadeia de suprimentos dos centros urbanos está passando por uma profunda reestruturação e acreditamos que há espaço e necessidade para uma nova infraestrutura logístico-urbana nos principais centros globais.

Write a response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close
Close