Search

Amazônia de Sebastião Salgado

Por Elaine Leme @elainecleme

Começou a exposição fotográfica “Amazônia”, de @sebastiaosalgadooficial, que é uma verdadeira imersão nesse importante bioma brasileiro. É um despertar para que todos entendam que é nosso papel proteger esse ecossistema e as comunidades indígenas presentes ali. Além de imagens de vários formatos suspensas em diferentes alturas, no centro da exposição inclui espaços que lembram as ocas indígenas, para evocar a vida humana no coração da floresta.

O percurso é pontuado por uma criação sonora composta especialmente pelo músico francês Jean-Michel Jarre, baseada em concretos sons da floresta – farfalhar de árvores, gritos de animais, canto de pássaros, som das águas descendo do alto das montanhas.

Duas salas acolhem projeções distintas. Uma delas mostra paisagens florestais musicadas pelo poema sinfônico “Erosão – Origem do Rio Amazonas”, do compositor brasileiro Heitor Villa–Lobos (1887-1959). A outra, revela retratos de indígenas, com uma composição especial de Rodolfo Stroeter. É ilusão pensar que se pode reproduzir as mesmas sensações proporcionadas pela floresta. Amei toda experiência vivida nessa mostra. As obras ficarão no Sesc Pompeia, em São Paulo, até 10 de julho. Não perca!

Write a response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close
Close