Search

Um tour pelo Rio de Janeiro

Texto e fotos Elaine Leme

A primeira viagem ao Rio de Janeiro ninguém esquece e nem da segunda, terceira, da quarta; já passei por essa emoção centenas de vezes e só penso em voltar. Quando eu vou para o Rio, sempre fico na casa de amigos em Botafogo, um dos lindos e boêmios bairros que existem na cidade. Uma das coisas que mais sou apaixonada é abrir a porta da sacada e dar boas-vindas ao Cristo Redentor.

A melhor dica é acordar e caminhar pela o aterro do Flamengo a pé, considerado o maior parque urbano do mundo à beira mar, é só se conectar com que a natureza tem a oferecer a você.

Comecei meu dia tomando café da manhã no Desjejum Padaria. Você pode pedir um combo ou as opções individuais de sucos, pães e frios. Se o dia estiver bonito, a minha sugestão é sentar no lado de fora do estabelecimento.

Desjejum Padaria

A parte da gastronomia sempre é minha preferida. No almoço a pedida fui com um amigo no restaurante Sult. Lugar acolhedor que serve pratos que prestigiam a comida italiana. Entre as pedidas Lagostines frescos com Spaguetti ao molho pomodoro acompanhado de um delicioso vinho branco.

Sult

No mesmo dia, mesmo com o agito do carnaval, resolvi conhecer a roda gigante maior América Latina. Com vista panorâmica de tirar o fôlego do Boulevard Olímpico, região portuária carioca, localizado ao lado do AquaRio e perto do Museu do Amanhã. Dei duas voltas e achei bem emocionante olhar o Rio e os blocos do alto da roda-gigante. No caminho, aproveitei para conhecer o AquaRio, para mais uma experiência enriquecedora. São quase 4 mil animais marinhos e 350 espécies diferentes no circuito. Vale a visita, especialmente em família.

AquaRio

Por fim a experiência imperdível foi à noite. A convite do Camarote Allegria fui  assistir bem de pertinho os desfiles do grupo especial. No Camarote, a ala gastronômica foi a melhor, lá você podia provar o sabor e o Japonês Temakeria&Cia e a famosa FEIJOAJAY.

 Não faltou emoção na Sapucaí. Só sai após o último integrante da Escola de Samba Império Serrano passar.  Fechei com chave de ouro aquele dia.

E faz parte dos meus planos futuros ir novamente o ano que vem. De camarote, é claro!

Desmaiei quando cheguei de volta ao quarto. Ah que lembrança maravilhosa.

Write a response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close
Close