Search

Experiência imersiva

Por Elaine Leme

Era 13 horas de uma terça de outono. Algumas pessoas nos esperam na Fazenda Rainha, localizada na divisa entre São Paulo e o sul de Minas Gerais, em um terreno muito alto, a 1.300 metros de altitude, em um terroir de solo vulcânico, onde as temperaturas são mais baixas.

As oliveiras brilham na Serra da Mantiqueira. O almoço perfeito, sob supervisão do chef Alberto Landgraf, mesa rústica contrapõe-se à leveza das cadeiras e dos arranjos de flores e os azeites à mesa. Simplesmente amei degustar todos os sabores dos azeites. Um presente para os nossos paladares. Assim lançava a nova safra de azeites Orfeu.

As terras ao sul de Minas nos proporcionaram uma colheita de ótimos frutos e sempre em busca da excelência do grão perfeito é algo que nos motiva no dia a dia aqui na Fazenda”, conta Ricardo Madureira, CEO da Orfeu Cafés Especiais.

A nova safra é composta pelos famosos Arbosana, Koroneiki, e o tão aguardado Blend da Safra, com notas aromáticas únicas e exclusivas desta colheita.

A grande novidade é pela primeira vez são as variedades Arbequina, Coratina e Picual. Nesta safra a variedade Picual, atingiu pontuação máxima de intensidade, será lançada em edição limitada, com apenas 1.700 garrafas. As garrafas de 350ml de Koroneiki, Arbosana, Arbequina e Coratina têm o valor sugerido de R$189, o Blend da Safra de R$219 e Microlote Picual de R$249. A bag de três litros de Koroneiki terá o valor de R$780. As garrafas estão disponíveis no site da marca.

Para ficar mais claro e entender, nos apresentaram como é feita a extração dos azeites, realizada na própria fazenda, em menos de duas horas após a colheita. Assim, garantem um produto extravirgem fresco e equilibrado, com elevado nível de polifenóis e baixa acidez. Perfeito para combinar com pães, massas e queijos ou como o seu paladar preferir.

Cada cultivo de oliveiras vem sendo trabalha há mais de uma década. Nós temos orgulho de chegar nesta safra com uma qualidade ideal”, disse José Renato Dias, diretor da Orfeu.

Em 2018, o Orfeu ficou entre os dez melhores azeites do mundo na premiação Terra Olivo, que acontece anualmente em Israel. Também foi posicionado como melhor azeite do Hemisfério Sul e Melhor Azeite da América Latina no concurso italiano EVO IOOC, um dos mais respeitados do setor. Em 2020, este resultado se repete com o Blend da Safra.

Quando eu achei que mais nada me impressionava naquele delicioso evento na Zona Rural. Nos levaram para um concerto no alto dos olivais, para conhecer a capela de Santa Clara, desenhada por Oscar Niemeyer. Um final de tarde que deixou todos boquiabertos e querendo mais.

Bem, não tem como esquecer aquele dia incrível que aflorou os meus cinco sentidos. Talvez seja sobre isso o tempo todo.  

Write a response

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Close
Close